11 de ago de 2009

Parabola - O Anel do Rei

“Houve certa vez um rei sábio e bom que já se encontrava no fim da vida.

Um dia, pressentindo a iminência da morte, chamou seu único filho, que o sucederia no trono, e do dedo tirou um anel.

- Meu filho, quando fores rei, leva sempre contigo este anel. Nele há uma inscrição. Quando viveres situações extremas de glória ou de dor, tira-o e lê o que há nele.

O rei morreu e o filho passou a reinar em seu lugar, sempre usando o anel que o pai lhe deixara.

Passado algum tempo, surgiram conflitos com um reino vizinho que desencadearam uma terrível guerra.

À frente do seu exército, o jovem rei partiu para enfrentar o inimigo. No auge da batalha, vendo os companheiros lutarem e morrerem bravamente, num cenário de intensa dor e tristeza, mortos e feridos agonizantes, o rei lembrou-se do anel. Tirou-o e nele leu a inscrição:

ISTO TAMBÉM PASSARÁ

E ele continuou sua luta. Venceu batalhas, perdeu outras tantas, e no fim saiu vitorioso.

Retornou então ao seu reino e, coberto de glórias, entrou em triunfo na cidade. O povo o aclamava.

Nesse momento de êxito, ele se lembrou de novo de seu velho e sábio pai. Tirou o anel e leu:

ISTO TAMBÉM PASSARÁ”

2 comentários:

  1. Amei o texto!
    Sempre bom lembrar q momentos são só momentos. bons ou ruins, passam.
    temos o costume de enxergar os momentos prazerosos da vida, como se esses fossem eternos. oq torna a frustração mt maior quando nos damos conta q passou.
    lição importante essa!
    chero em tu!

    ResponderExcluir
  2. oi, essa parábola é linda mesmo, e eu a conheço assim que também é bem legal:
    Parabola - O Anel do Rei
    “Houve certa vez um jovem rei muito bom que se encontrava no auge de sua vida.

    Um dia, pediu ao mestre sábio de seu reino que com sua sabedoria mandasse o ourives confeccionar-lhe um adorno que o lembrasse uma máxima em sabedoria fosse em momento de dor ou momento de glória.

    - em tão pouco tempo o sábio então lhe entregou um anel que continha uma inscrição e disse ao jovem rei que todas as vezes que vivesse um momento de dor que olhasse o anel e ali estaria escrito algo que lhe daria forças para ultrapassar aqueles momentos.

    - O rei então perguntou ao sábio, e para meus momentos de glória? não fizeste nada em meu adorno que também lhe pedi?

    - O sábio então respondeu, sómente em momentos de glória, tire o anel e verás dentro dele inscrito também o algo que me pedistes para estes momentos, e assim colocou o anel no dedo do jovem rei.

    - aconteceu então, passado algum tempo, conflitos com um reino vizinho que desencadearam uma terrível guerra.

    À frente do seu exército, o jovem rei partiu para enfrentar o inimigo. No auge da batalha, vendo os companheiros lutarem e morrerem bravamente, num cenário de intensa dor e tristeza, mortos e feridos agonizantes, o rei lembrou-se do anel, então a ele olhou e leu a inscrição:

    "ISTO PASSARÁ"

    E ele continuou sua luta. Venceu batalhas, perdeu outras tantas, e no fim saiu vitorioso.

    Retornou então ao seu reino e, coberto de glórias, entrou em triunfo na cidade. O povo o aclamava.

    Nesse momento de êxito, ele se lembrou de novo de seu mestre sábio o que lhe recomendou e assim tirou o anel e dentro leu:

    "ISTO TAMBÉM PASSARÁ”

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget