9 de mar de 2010

Desabafo de um Objeto para o Feminino

Eu sempre admirei como vocês mulheres conseguem dar vida a coisas superficiais e desumanas como nós, objetos. Na simplicidade da vida onde tudo é A + B vocês a tornam super interessante com seus X, Y e Z. Se o mundo dependesse de nós objetos, tudo seria simples, a utilidade de cada um estaria condizente com o que é, mas por ser, não significaria que fariam, pois faltariam vocês para isso. O mundo ficaria parado, pela falta de vocês para nós usarem como conviessem, para mover nossas vidas numa decisão criativa de usar um bule de chá como regador de uma planta colocada como enfeite de janela naquele vaso improvisado, que antes servia como balde para fazer faxina...


A visão de mundo de vocês é impressionante, já nascem sabendo como as coisas são e como as coisas podem ser também... parecem imperatrizes que mandam e desmandam no mundo como convier, parariam o mundo se assim quisesse, acabariam com todos os males que afetam o planeta se não entrassem tanto em atrito consigo mesmas, mas eu, objeto, as compreendo afinal deve ser difícil dividir o estrelado e o brilho que vocês expiram com outras perfeições ambulantes como vocês, já nós, objetos, somos todos iguais, mudando apenas local, posto e utilidade comum.


Mas não devia dos desacreditar tanto apesar de objetos temos um grande prazer em servi-las. Afinal nossa vida gira em torno de vocês e sem vocês, nós seriamos lixos.


Peço que perdoem os objetos defeituosos e não generalizem todos por defeitos de uns.


Feliz dia da mulher para todas vocês.


Dos seus objetos favoritos, nós homens


(Leonardo Compasso)

Um comentário:

  1. Algumas pessoas cruzaram a minha vida de maneira inesperada e criaram raízes lindas, sólidas e fantásticas.
    Você é uma delas!!!
    Amo vc!!!

    Nat

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget