10 de mar de 2010

Tenso...

O mundo está tenso... as disponibilidade dos paises de contribuírem para a reconstrução de outros é um obvio sintoma de compaixão coletiva, o que me faz lembrar qual é a única coisa que torna o ser humano capaz de tomar compaixão nessa proporção, quando estão a beira do colapso. O colapso iminente que toma proporções gigantescas em todo o mundo, começando por Tsunamis, partindo para terremotos em escala mundial em locais completamente diferentes, seguindo pela mudança do eixo da terra, alterando o “prisma” da atmosfera e aumentando o calor na nossa terra já castigada, sem contar que o tempos de nossos dias estão menores, coisa já perceptível de longa data, a que os cientistas julgaram existir a partir de agora pela razão da mudança do eixo...

Em uma entrevista que vi, os cientistas dizem ‘definitivamente o mundo não está acabando’ fala um Sismôlogo utilizando como fonte de argumento, que os terremotos causados em diferentes pontos no planeta foi apenas uma coincidência.
Engraçado como esse grande acadêmico assim como todos os outros sequer predisseram a chegada deles... estavam dormindo no ponto ou realmente foram inúteis aos acontecimentos?

Algumas pessoas acreditam veemente que o fim do mundo não será através de reações do planeta e sim pelas mãos do homem. Concordo completamente com essa afirmação, pois o mundo não vai acabar. O mundo está se estabilizando, reagindo as adversidades que o homem cometeu a ela como na lei de ação e reação... Então ao invés de falar fim do mundo, ou fim da humanidade, prefiro me tranqüilizar na decisão de chamar de Nova Era.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget